Adapar regulamenta medida que permite a prefeituras elencar empresas para vender para todo PR

Medida votada a produtores de pequeno porte abre portas para novos mercados.

A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) publicou no dia 29 de abril a Portaria 081 que “Estabelece os requisitos e critérios para adesão dos Municípios ou Consórcio de Municípios ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária, com atenção especial à Agricultura Familiar e de Pequeno Porte no Estado do Paraná – SUASA-SUSAF-PR”.

Em bom português, a medida definiu as regras para que as prefeituras (ou um consórcio de vários municípios) possam cadastrar empresas que já possuem o Serviço de Inspeção Municipal (SIM), para que possam vender seus produtos além dos limites do seu município, para todo Paraná.
A portaria trata da Lei nº 17.773, de 29 de novembro de 2013, que dispõe sobre o Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (SUSAF-PR).

Segundo a gerente de inspeção de produtos de origem animal da Adapar, Mariza Koloda Henning, através deste sistema pequenos produtores e agricultores familiares poderão acessar novos mercados. “É uma chance dele [o produtor] alavancar a produção e as vendas, isso vai aumentar muito os empregos e as divisas do município”, avalia.

Segundo ela, para que um município possa realizar esse cadastro de empresas, é necessário atender três condições básicas: possuir um Serviço de Inspeção Municipal estruturado; contar com um médico veterinário responsável por este serviço, e ter um site na internet para disponibilizar os dados das empresas que possuem o SIM.

As prefeituras que tiverem interesse em aderir, devem apresentar à Adapar um plano de trabalho anual descrevendo as atividades de inspeção e fiscalização que irão desenvolver. Vale lembrar que, apesar de possibilitar a venda para todo o Estado, o SUSAF não equivale à chancela do Serviço de Inspeção Estadual.

De acordo com Mariza, em torno de 50% das prefeituras paranaenses estariam aptos a indicar empesas para integrar o SUSAF. “Se o produtor está num município que não conta com Serviço de Inspeção Municipal, peça ao prefeito que estruture esse sistema, é uma chance para ele melhorar suas vendas e abrir novas portas”, orienta.

Para tirar dúvidas sobre o SUSAF, a Adapar promove nesta sexta-feira (08) uma Transmissão Ao-vivo (Live) no Instagram da entidade (adaparoficial) às 10 horas. Participe!

Tags:Adapar, sanidade, segurança alimentar, Serviço de Inspeção Municipal, SUSAF-PR,

Deixe seu comentário:

Categoria: Notícias